Reforma e Avivamento Hoje

Diz o ditado que quem vive do passado é museu..

Pois bem, ontem recordamos os 499 anos da Reforma Protestante e os 112 anos do solasAvivamento do País de Gales, datas que nos fazem desejar o passado hoje. Esses dois acontecimentos foram extremamente importantes para a Igreja.

A Reforma Protestante trouxe pilares que levou a Igreja novamente a colocar as Escrituras em seu devido lugar e liberou o entendimento do sacerdócio de todo cristão, já o Avivamento de Gales é considerado a maior atuação do Espírito Santo sobre a humanidade, devido seu curto período e enorme influência sobre as nações. Ambos são acontecimentos extraordinários. the-welsh-revival

Lutero e Evans Roberts foram instrumentos, pessoas comuns que se disponibilizaram ao Espírito Santo, apesar de suas debilidades e fraquezas para liberar aquilo que o Pai desejava aos homens e mulheres de sua geração.

Mas quem vive de passado é museu…

Longe de mim tirar o valor devido a esses eventos, a inegável importância histórica e os frutos que os mesmos já deram, mas acho que as vezes olhamos para isso de forma errada. Esses acontecimentos não são para meras comemorações, são memoriais, eles nos lembram do que Deus é capaz de fazer nas nações em momentos de crise, desesperanças, desgraças, cruel domínio e religiosidade.

Os memoriais são marcos, estacas e apontamentos por onde passamos várias vezes e neles afirmamos: Podemos ver o Senhor atuar e intervir em nossa vida e nação hoje! Agora!

Um exemplo de memorial é o que vemos em 1451 A.C, quando Josué e o povo de Israel atravessaram pelo meio do Jordão. Do outro lado, eles construíram um memorial de pedras para relembrar seus filhos no futuro daquilo que o Senhor poderosamente havia feito entre eles. E de fato isso funcionou! 555 anos depois o profeta Elias antes de ser levado aos céus se depara com o Jordão e o poder do Senhor. As Escrituras não dizem que Elias passou pelo mesmo memorial feito por Josué, mas tenho certeza que em sua memória Elias lembrou dos feitos do Senhor para com Seu povo. Então o Jordão se abre mais um vez!

Após Elias ser levado aos céus, recaiu sobre Eliseu a responsabilidade de continuidade do trabalhar do Senhor na nação de Israel através do ministério profético. Assim, Eliseu se depara com o Jordão mais uma vez e seu questionamento é fantástico: Onde está agora o Senhor, o Deus de Elias?

Como eu disse, quem vive de passado é museu! E se está no museu, é porque é importante!

Ao passar por essas comemorações e ver a situacao de nossa nação hoje, o meu questionamento se torna um clamor:

Onde está agora o Senhor, o Deus de Lutero, da Reforma, o Deus de Evan Roberts, do Avivamento!?

Não passo por essas comemorações apenas para me lembrar e saudosamente desejar revivê-las. Passo por elas com um íntimo desejo de ver o mesmo Senhor e Pai de todos fazer novamente em minha geração o que Ele pode fazer e já fez na história das gerações passadas.

Não é necessário muito esforço para constatar que como Igreja e nação precisamos de uma intervenção sobrenatural do Espírito Santo e Sua poderosa manifestação por meio de Sua Palavra Viva, Jesus o Cristo.

Eu quero reforma e avivamento hoje!

“Ouvi, Senhor, a tua palavra, e temi; aviva, ó Senhor, a tua obra no meio dos anos, no meio dos anos faze-a conhecida; na tua ira lembra-te da misericórdia.” Habacuque 3.2

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s