Um chamado à oração!

Você ora mesmo?

Eu posso encontrar que ninguém vai ser salvo por suas orações, mas não posso encontrar que sem oração alguém será salvo.

Estar sem oração é estar sem Deus, sem Cristo, sem graça, sem esperança, e sem céu. É estar na estrada do inferno.

Todos os filhos de Deus na Terra são iguais a este respeito. Eles oram desde o momento em que há qualquer sinal de vida e de realidade sobre sua religião. Assim como o primeiro sinal de vida em uma criança quando nasce é o ato de respirar, assim o primeiro ato de homens e mulheres, quando nascem de novo. É orar.

Esta é uma das marcas em comum de todos os eleitos: “Eles clamam a Ele dia e noite” (Lc. 18.1). O Espirito Santo, que os torna novas criaturas, opera neles o sentimento de adoção e os faz clamar: “Abba, Pai” (Rm. 8.15). Quando o Senhor Jesus os vivifica, dá a eles uma voz e uma língua, e lhes diz: “Não seja mais mudo”. Deus não tem filhos mudos.

Eu li a vida de muitos cristãos eminentes que estiveram na terra desde os tempos bíblicos. Alguns deles foram ricos e outros pobres. Alguns foram cultos e outros incultos. Alguns deles foram  episcopais e outros, cristãos de outras denominações. Alguns foram calvinistas e outros arminianos. Alguns gostavam de usar liturgia e outros não usavam nenhuma. Mas, uma coisa eu vejo que todos eles tinham em comum: todos eles foram homens de oração.

Eu não nego que um homem pode orar sem coração e sem sinceridade. Nem por um momento tenho a pretensão de afirmar que o mero fato de uma pessoa orar, prova qualquer coisa sobre a sua alma. Assim como em qualquer outra parte da religião, também neste assunto pode haver engano e hipocrisia.

Mas isto eu digo, que não orar é uma prova clara de que um homem ainda não é um verdadeiro cristão. Ele não pode realmente sentir os seus pecados. Não pode amar a Deus. Não pode sentir-se devedor de Cristo. Não consegue sustentar a santidade por muito tempo. Não pode desejar o céu…. Ele pode se gabar confiantemente da eleição, graça, fé, esperança e conhecimento e enganar as pessoas ignorantes, mas você pode ter certeza que é tudo conversa vã se ele não orar.

Um homem pode pregar por motivos falsos. Um home pode escrever livros e fazer belos discursos e parecer diligente em boas obras… Mas um homem raramente vai para o seu quarto e derrama sua alma perante Deus em segredo, a menos que ele seja sincero.

Eu sei que é o Espirito Santo que chama os pecadores dos seus maus caminhos e, em muitos casos, os leva em passos lentos ao conhecimento de Cristo. Mas o olho do homem só pode julgar pelo que vê. Eu não posso chamar alguém de justificado até que ele creia. Não me atrevo a dizer que alguém crê até que ore. E eu não consigo entender uma fé muda. O primeiro ato de fé é quere falar com Deus.

Seus pontos de vista de doutrina podem estar corretos. Seu amor ao protestantismo pode ser fervoroso e inconfundível. Mas isto pode ainda não ser nada mais do que encabeçar o conhecimento e ter espirito partidário. Queremos saber se você está realmente familiarizado com o Trono da Graça e se você pode falar com Deus, bem como falar de Deus.

Eu acredito que para dezenas de milhares as orações são nada mais do que um mero sistema, um conjunto de palavras repetidas mecanicamente, sem pensar sobre o seu significado… Muitos daqueles que usam bons sistemas murmuram as suas orações depois que já estão na cama ou enquanto lavam-se ou se vestem de manhã. Os homens podem pensar o que quiserem, mas podem ter certeza que, aos olhos de Deus, não estão orando. Palavras ditas sem coração são tão inúteis para a nossa alma como são as batidas do tambor do pobre pagão  diante dos seus ídolos… Onde não há coração, pode haver trabalho dos lábios e da língua, mas não há nada que Deus escute, não há oração.

Se vestir bem, ir a teatros, ser tido como inteligente e agradável, tudo isso está na moda, mas orar não. … Você esqueceu do tipo de vida que muitos levam? Podemos realmente acreditar que as pessoas estão orando contra o pecado dia e noite, quando as vemos mergulhar nele? Podemos supor que eles oram contra o mundo, quando estão inteiramente absorvidos e levados em suas atividades? Orar e pecar nunca viverão juntos no mesmo coração. A oração consumirá o pecado, ou o pecado obstruirá a oração….

Bíblias lidas sem oração, sermões ouvidos sem oração, casamentos celebrados sem oração, viagens realizadas sem oração, residências escolhidas sem oração, amizades formadas sem oração,  o ato diário de oração privada feita de forma apressada ou sem coração: estes são os tipos de degraus, por onde muitos cristãos descem a uma condição de paralisia espiritual…

De John Charles Ryle 1816 -1900

Essa é a pergunta mais importante: VOCÊ ORA?

Anúncios

2 pensamentos sobre “Um chamado à oração!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s